Fórum do Socialismo

Fórum criado com o objetivo de reunir pessoas de Esquerda, principalmente as que tenham uma visão socialista/marxista e anti-imperialista.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Forças Armadas da Venezuela esmagam ataque terrorista em Paramacay - 07.08.2017

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin


Mensagens : 189
Data de inscrição : 02/11/2015

10082017
MensagemForças Armadas da Venezuela esmagam ataque terrorista em Paramacay - 07.08.2017

Forças Armadas da Venezuela esmagam ataque terrorista em Paramacay - 07.08.2017

07.08.2017 - Forças Armadas Nacional Bolivarianas (FANB) esmagam terroristas paramilitares que atacaram o Fort Paramacay em Naguanagua, Valencia (Carabobo).



Forças Armadas da Venezuela esmagam ataque terrorista em Paramacay

Forças Armadas Nacional Bolivarianas (FANB) esmagam terroristas paramilitares que atacaram o Fort Paramacay em Naguanagua, Valencia (Carabobo). O objetivo dos criminosos mercenários de ultra-direita era roubar armas. Vladimir Padrino López lê declarações. Diosdado Cabello da marcha em apoio à Assembleia Nacional Constituinte (ANC). Venezolana de Televisión (VTV), Telesul, Hispan TV, RT. Venezuela, 07 de agosto de 2017.

Ataque armado no Fort Paramacay: análise e contexto

Nas primeiras horas da manhã de domingo, 6 de agosto houve "um ataque terrorista em estilo paramilitar contra a 41ª Brigada Blindada do Exército Bolivariano, localizado em Valência, Estado de Carabobo", assim tipificam as Forças Armadas Nacional Bolivariana (FANB) em um comunicado.

06 de agosto de 2017, 04:39

Segundo o comunicado da FANB, este ataque paramilitar foi realizado "por um grupo de criminosos usando uniformes civis militares e um primeiro-tenente em situações de deserção". Foram presos oito dos atacantes. O anúncio foi feito pelo ministro de Comunicação e Informação:

Quem liderou a ofensiva paramilitar foi o ex-oficial da GNB Juan Carlos Caguaripano, que em 2014 publicamente em favor do plano de insurrecional chamado "The Way Out" (da CNN) e também foi supostamente envolvido em uma tentativa de golpe contra o presidente Nicolás Maduro, então, ele foi solicitado pela justiça venezuelana.

Este ataque foi chamado de "Operação David", onde foram utilizadas armas de fogo e explosivos fornecidos pelo Caguaripano fugitivo, de acordo com informações do jornalista da oposição Javier Mayorca.

Por sua parte, o FANB confirmou que houve um assalto em seu arsenal de armas em Fort Paramacay durante os eventos. Outro jornalista da oposição, Román Camacho, especificou o armamento pesado roubado pelos mercenários.

Sabe-se também que houve dois mortos do lado dos mercenários, após o ferido preso, mencionado por Villegas Poljak, ter morrido no hospital.

A operação paramilitar foi neutralizada com sucesso dentro de horas. Isto foi confirmado pelo Comandante do Exército Jesus Suarez Chourio, chefe da REDI Central, desde o forte Paramacay em Valencia, estado Carabobo.

Tratamento internacional em torno do fato

Esta operação de falsa bandeira (pelas tentativas de simular um "golpe militar"), não só serviu para mídia transnacional impor uma narrativa com coordenadas simbólicas semelhante à de "rebeldes sírios e líbios" (fachada mercenária da Al Qaeda e do ISIS, que destruíram essas duas nações), enquanto legítima e aumenta o alcance do fato de colocá-lo como uma resposta, quase espontânea e acima de tudo "razoável" para a Assembléia Nacional Constituinte.

Portanto, a mídia internacional tem insistido no branqueamento de informações alegando que houve uma "rebelião militar", dando apoio e promoção.

Reuters, agência de notícias britânica, informou que desta forma:

Também replica El País da Espanha, chamando a ação de "golpe militar".

No entanto, a reação mais importante até agora veio do senador Marco Rubio, que defendeu o ataque à base militar e até respondeu ao agora constitucionalista Diosdado Cabello depois que ele o acusou de apoiar os terroristas venezuelanos.

Os ataques a instalações militares na Venezuela estão sendo usados ​​como tática armada e de terror por parte do antichavismo armado.

Vários analistas internacionais e think tanks relacionados com os centros de poder hegemônico dos EUA e da Europa, como o Grupo de Crise Internacional e David Smilde (colunista do New York Times) têm vindo a moldar e legitimidade a um possível conflito armado.

Smilde escreveu recentemente que, com a assunção de um governo paralelo do MUD, a oposição venezuelana poderia receber financiamento externo direto, especificamente dos Estados Unidos, para receber armas. Esta insurgiria violentamente se o cenário assim prever, e Smilde culpa o governo bolivariano de tal iniciativa.

Por outro lado, o referido jornalista da oposição Javier Mayorca havia anunciado nas primeiras horas via Twitter

O que poderia ser aprofundado a partir de hoje

À luz do ataque armado por Oscar Pérez na sede do Supremo Tribunal e do Ministério do Interior, Justiça e Paz em Caracas...

Neste contexto, o governo beligerante de Juan Manuel Santos também deve ser observado sem ingenuidade, uma vez que a Colômbia é um mercado enorme de armas e mercenários que podem chamar para amplificar operações semelhantes em solo venezuelano.

Rex Tillerson, Secretário de Estado e ex-CEO da ExxonMobil, disse em 3 de agosto que "teve que criar as condições para retornar à Venezuela para sua Constituição".

Fonte:
http://misionverdad.com/la-guerra-en-venezuela/ataque-terrorista-a-fuerte-paramacay-estaba-anunciado


Canal do Eduardo Lima: https://www.youtube.com/channel/UCo6i4juAJj_cL9XxRW7cAAQ?sub_confirmation=1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://socialismo.forumeiros.com

 Tópicos similares

-
» [Internacional] Êxodo de pilotos nas forças armadas da Argentina
» [Brasil] No corte de R$ 4,3 bi, Ministério da Defesa do Brasil preserva projetos estratégicos
» [Internacional] Mais seis pilotos tailandeses completam instrução no Gripen
» TEMA MENSAL DE SETEMBRO DE 2013 - FORÇAS ARMADAS
» [Brasil] Forças Armadas recebem o helicóptero EC-725
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Forças Armadas da Venezuela esmagam ataque terrorista em Paramacay - 07.08.2017 :: Comentários

Nenhum comentário.
 

Forças Armadas da Venezuela esmagam ataque terrorista em Paramacay - 07.08.2017

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum do Socialismo :: Geopolítica :: América Latina-
Ir para: